Itesp On-line

Saiba mais sobre as ações e eventos do Itesp:

Agricultores assentados entregam produtos em penitenciária por meio do PPAIS

2018-06-13 09:23:17



Agricultores familiares dos assentamentos São Roque, em Franco da Rocha, Sumaré I e II, em Sumaré, iniciaram no mês de maio a entrega de frutas, verduras, legumes e tubérculos na Penitenciária Mario de Moura e Albuquerque, de Franco da Rocha, grande São Paulo.

Os contratos para a aquisição desses gêneros alimentícios diretamente dos produtores rurais foram viabilizados pelo Programa Paulista da Agricultura de Interesse Social, o PPAIS. O programa estabelece que, no mínimo, 30% das verbas estaduais destinadas à compra de alimentos por órgãos públicos do Estado, como penitenciárias e hospitais, sejam destinadas a aquisição de produtos diretamente da agricultura familiar. O teto de participação de cada família de agricultores é de R$ 30 mil reais por ano.

A chamada pública da penitenciária foi feita em abril, solicitando cerca de 52 toneladas de alimentos para entrega entre maio e agosto deste ano. Vinte e um agricultores familiares da região, entre eles os assentados de Sumaré e de Franco da Rocha, fizeram suas propostas de fornecimento. Após conferência da documentação, os produtores foram credenciados e assinaram contrato para entrega de 48 toneladas de abobrinha, acelga, alface, almeirão, banana, berinjela, beterraba, couve, mandioca, pimentão, repolho e salsa. O valor total dos contratos assinados ficou próximo de cem mil reais.

A assistência técnica para os agricultores assentados realizarem a produção e participarem deste tipo de chamada pública foi realizada pelos engenheiros agrônomos e extensionistas do Grupo Técnico de Campo (GTC) do Itesp de Araras: Ivan Cintra Lima, Ulderico Schincariol Junior e Antônio Oberdan Bragato.