Fundação Itesp conclui a entrega de 10 mil cestas básicas para comunidades carentes

A Fundação Itesp concluiu na sexta-feira (11) a entrega das 10 mil cestas básicas para indígenas, ciganos e famílias em situação de vulnerabilidade social no Estado de São Paulo. O objetivo dessa ação, que se soma ao Programa Alimento Solidário do Governo do Estado, é minimizar os impactos causados pela pandemia para as famílias carentes e gerar renda aos produtores rurais assentados e comunidades remanescentes de quilombos.

A última entrega para completar as 10 mil cestas foi realizada pela Coopervale para comunidades ciganas dos municípios de Taubaté e São José dos Campos, no Vale do Paraíba.

A ação social chegou a 103 entidades filantrópicas, 113 aldeias indígenas, 21 comunidades ciganas e 17 Centros de Integração da Cidadania (CIC). A distribuição contou com a participação de 20 organizações (cooperativas e associações) formadas por agricultores de assentamentos rurais e comunidades quilombolas.

Cada cesta com 20 kg de alimentos foi adquirida pela Fundação Itesp por R$ 74,83, num total de R$ 748.300,00, com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (FECOEP), que tem por objetivo viabilizar à população do Estado de São Paulo o acesso a níveis dignos de subsistência.

A montagem e a entregas das cestas ficaram sob a responsabilidade dos agricultores de assentamentos e comunidades quilombolas com a supervisão da Fundação Itesp, responsável dentro dessa ação de mobilizar os produtores rurais e orientá-los quanto aos critérios de participação na comercialização, qualidade, quantidade e periodicidade de entrega dos produtos.

Em continuidade ao programa, a boa notícia é que mais 5 mil cestas serão preparadas e adquiridas pela Fundação Itesp para serem distribuídas para comunidades hipossuficientes.