Pesquisadores da USP e Unesp continuam projeto sobre produção leiteira em assentamentos no Pontal do Paranapanema

Em parceria com a Fundação Itesp, alunos-pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual Paulista (Unesp), realizaram nos dias 25 e 26 de outubro, as últimas coletas de dados, para projeto multidisciplinar, nos assentamentos Nova Pontal e Porto Maria. Estudos que começaram em junho deste ano envolvem alunos doutorandos em Medicina Veterinária, Geografia e Fisioterapia.

A pesquisa se baseia na relação entre saúde animal, qualidade de vida dos produtores rurais e a sustentabilidade da produção leiteira no Pontal do Paranapanema. Em cada assentamento são coletados dados de sanidade do animal (amostra de sangue e leite), de quatro animais de cada lote. Os produtores rurais também respondem a um questionário socioeconômico, mostrando suas condições de vida, e em especial, questões de sustentabilidade econômica, social e agroecológica.

Esse tipo de projeto ajuda no desenvolvimento de políticas públicas, principalmente no Pontal do Paranapanema que vem se destacando na produção da pecuária leiteira, e torna a produção mais rentável as famílias assentadas

Foram cerca de 180 propriedades visitadas esse ano em 9 assentamentos estaduais da região do Pontal. O resultado dos dados catalogados das pesquisas na região do Pontal tem previsão para ser divulgados em dezembro deste ano.