Fundação Itesp e Senar formam turma de curso de Olericultura Orgânica no assentamento Monte Alegre

A capacitação dos produtores rurais é fundamental para trazer técnica e melhores resultados em sua produção. A Fundação Itesp e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) concluíram mais uma turma do curso de Olericultura Orgânica, no assentamento Monte Alegre, em Araraquara, que foi instruído pelo técnico Marcelo Simbiase.

O programa de capacitação em olericultura, que é o não uso de defensivos e agrotóxicos nas plantações, ensina na prática todas as etapas desde o plantio até a comercialização. O curso buscava alcançar produtores que realizam feiras, vendem em programas institucionais e que se preocupam com a qualidade dos alimentos, além dos agricultores que buscam migrar para a agricultura orgânica.

As aulas foram divididas em 9 módulos, e os encontros ocorriam duas vezes por mês, e ensinaram sobre o preparo do solo, compostagem, controle de pragas e doenças, custos de produção e comercialização.

“Estas técnicas são facilmente aplicáveis, melhoram a produção e o lucro dos produtores”, informou o instrutor. Ainda segundo Marcelo, existem novas demandas para esses tipos de curso ano que vem.