Fundação Itesp assina requerimentos de registro da Certidão de Regularização Fundiária de 705 imóveis no Vale do Ribeira

O diretor executivo da Fundação Itesp, Claudemir Peres, participou na manhã de segunda-feira (7), no município de Registro, da assembleia do Consórcio do Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul (CODIVAR). Na oportunidade, foi assinado o requerimento de registro da Certidão da Regularização Fundiária de 705 imóveis com os municípios de Cajati, Registro, Pariquera-Açu e Sete Barras e apresentado pelos secretários de estado Marco Vinholi, do Desenvolvimento Regional, e Patrícia Ellen, do Desenvolvimento Econômico, o Programa Vale do Futuro.

Estavam presentes ainda o deputado federal, Samuel Moreira, o deputado estadual, Ricardo Madalena, e o presidente do Codivar e prefeito de Miracatu, Ezigomar Pessoa Júnior e 25 prefeitos que fazem parte do consórcio.

Assinaram o requerimento de Registro da Certidão de Regularização Fundiária os prefeitos de Cajati, Vavá Cordeiro, de Pariquera-Açu, José Carlos, de Registro, Nilton Hirota, e de Sete Barras, Dean Martins.

Em Cajati serão 177 imóveis regularizados. Em Pariquera-Açu mais 197 títulos. Em Registro serão 251 títulos. E em Sete Barras mais 80 imóveis serão regularizados. Um total de 705 títulos. Em março, o Governo de São Paulo, por meio da Secretaria da Justiça e Cidadania e Fundação Itesp, entregou 967 títulos no Vale do Ribeira.

“O Governo de São Paulo criou uma série de ações para o Vale do Ribeira por meio do Programa Vale do Futuro e dentre essas ações estão a regularização fundiária urbana e rural da Fundação Itesp e da Secretaria da Habitação/Cidade Legal, que leva cidadania e segurança jurídica para a população da região”, destacou Claudemir Peres.

Os dois secretários apresentaram durante a assembleia aos prefeitos e diversas autoridades presentes o Programa Vale do Futuro do Governo de São Paulo, projeto de desenvolvimento sócio econômico que vai beneficiar o Vale do Ribeira. Esse programa será lançado no dia 17 de outubro, no Palácio dos Bandeirantes, pelo Governador João Doria.