Dia de Campo em Euclides da Cunha celebra o cultivo de peixes

A Piscicultura, atividade referente ao cultivo de peixes em tanques, açudes e represas, geralmente de água doce, sempre teve muita rentabilidade e baixo custo de mão-de-obra para o produtor. Em evento no dia 26 de setembro, piscicultores visitaram o assentamento Santa Rosa para acompanhar essa cadeia produtiva.

Reunindo técnicos da Fundação Itesp e produtores de Euclides da Cunha, Rosana e Martinópolis, o dia de campo mostrou procedimentos técnicos fundamentais para o sucesso da criação de peixes em tanques escavados, aumentando o nível de controle e lucratividade. Foram aplicados dois temas específicos para a organização da cadeia produtiva, o primeiro é a Biometria, que consiste na pesagem, acompanhamento do desenvolvimento dos animais e controle do consumo de ração. E o segundo, a análise da qualidade da água do viveiro.

O evento promovido pelo Grupo Técnico de Campo (GTC) de Euclides da Cunha esclareceu, aos piscicultores, sobre a necessidade do cadastro no programa “Cultivando Negócios”, um novo projeto do Governo do Estado de São Paulo que visa facilitar o contato entre pequenos produtores rurais e compradores, para fortalecer a produção e a geração de emprego e renda no campo.